quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Barca das Letras pela primeira vez no Quilombo Narcisa(Capitão Poço/Pará)



Pela primeira vez, a Biblioteca Itinerante Infantil Barca das Letras esteve na comunidade remanescente de Quilombo Narcisa, zona rural do município de Capitão Poço, no nordeste paraense. Localizada a 220 km de Belém do Pará, a bicentenária comunidade Quilombo Narcisa fica à margem esquerda do Rio Guamá.

A comunidade não possui Escola regular para atender as crianças da comunidade. O que há é um prédio onde funciona a igreja e que é cedido uma vez por semana para que um professor visitante que dá aula por duas horas para todas as crianças ao mesmo tempo, independente da série que estão. O resultado deste tipo de "ensino": todas as crianças analfabetas!!! Também a luz para todos, melhor para ninguém, ainda não chegou, em que pese ter chegado à comunidade vizinha, distante a aproximadamente 1km. Posto de saúde também não há. Casas com banheiro interno, também não há. A estrada vicinal de piçarra e areia de 19km está em precárias condições, já prestes a deixar a comunidade ilhada, como nos tempos da escravidão, nesta época de fortes chuvas, com a abertura de perigosos e profundos buracos.

 







A comunidade fez questão de nos entregar uma carta pedindo para que fosse entregue à Presidente da República. Enviamos na data de 6/02/2014 via email para a Ouvidoria da SEPPIR - Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, vinculada à Presidência da República.





A Profa. Silvany Euclênio da Secretaria de Políticas para Comunidades Tradicionais, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial(SEPPIR) respondeu-nos no mesmo dia da seguinte forma:

 
"Agradecemos a informação. Vamos fazer contato com as autoridades estaduais e municipais, sobre a viabilização de políticas públicas para esta comunidade. Também faremos contato com as lideranças da mesma.
Aproveitamos para divulgar os links para informações sobre o Programa Brasil Quilombola e para acessar o Guia de Políticas para Comunidades Quilombolas, que explica as ações disponíveis e o caminho para acessá-las, que poderá lhes ser útil no trabalho que fazem nas Comunidades.


http://www.seppir.gov.br/comunidades-tradicionais/programa-brasil-quilombola http://www.seppir.gov.br/arquivos-pdf/guia-pbq

Att.,"



Dentro deste contexto, a ação da Barca das Letras ganhou proporções gigantescas para as crianças e para nós, os arte-educadores voluntários que pra lá fomos. As crianças, puderam vivenciar uma experiência única ao conhecer e folhear, pela primeira vez, livros infantis de qualidade e, principalmente, os gibis da Turma da Mônica, que ao final foram todos distribuídos para as crianças levarem para suas casas, pelo colorido palhaço Ribeirinho.













Também puderam, as crianças de todas as idades presentes, montar a biblioteca Barca das Letras, pintar o sete, dançar cirandas, ouvir a leitura das histórias dos livros/gibis pelos voluntários, degustaram as poesias recitadas pelo palhaço Ribeirinho e, ao final, fizeram uma grande roda para escolher os brinquedos que levaram para casa, juntamente com os livros/gibis doados. Enfim, foi um momento de muita alegria para todos os irmãos quilombolas, bem como todos os voluntários da Barca das Letras que participaram desta ação: Arlindo Matos e Rosana Barros(Ourém/PA), Kate Titan e Sergio Willliams(Belém/PA) e Jonas Banhos(Amapá/Brasília).











Outro fato relevante foi a doação de uma canoa para a comunidade Quilombo Narcisa, ofertada pelo nosso apoiador cultural, o Arlindo Matos, Presidente da FUNCARTEMM, que se sensibilizou com a precária situação dos moradores e mobilizou amigos de Ourém(PA) para a compra da canoa. A comunidade também se comprometeu em contribuir com uma contrapartida de 30%. Nós da Barca das Letras também contribuímos, claro, com 10% do valor!!! Tudo para melhorar a segurança alimentar da comunidade.



Vale ressaltar que toda nossa ação não tem nenhum interesse eleitoral, religioso ou comercial!!! É tudo uma questão humanitária, como sempre ressaltamos!!! É tudo por amor à leitura, às crianças, às comunidades tradicionais amazônicas, à mãe natureza viva!!!

Após o almoço comunitário, reunimos os mais velhos da comunidade, as lideranças e os visitantes dominicais que vieram participar da "missa" semanal e resolveram ficar para brincar de ler na Barca das Letras e tiramos o "retrato" abaixo, digna de um daqueles quadros que a gente pendura em cima da porta de entrada da casa(de quem vive no interior do interior do Brasil mais profundo):
 



E como diz a voluntária Rozana Barros, "o palhaço saltimbanco que leva alegria sem cobrar nada; distribui cultura somente para ver um sorriso tímido virar gargalhada; semeia respeito às tradições culturais; incentiva a preservação da natureza e da Arte Popular para em seguida tocar o apito da sua “barca” avisando que está partindo depois de ver sua missão cumprida e que em breve vai aportar em outras paragens."

Todas as fotos estão disponíveis em nosso álbum no flickr e no facebook da voluntária Kate Titan:

http://www.flickr.com/photos/mochileirotuxaua/sets/72157640576732885/

https://www.facebook.com/kate.titan/media_set?set=a.650004478395487&type=1


Agradecemos a toda a comunidade pela calorosa recepção, ativa participação e  pelo delicioso almoço comunitário e o gostoso bolo de macaxeira; ao nosso apoiador local, o nosso sempre super agitador cultural, o ouremense Arlindo Matos, presidente da Fundação Cultural de Artes e Esportes Mundico e Manola (FUNCARTEMM); Pousada Agroecológica LuArlindo(Ourém/PA); Projeto Orube Arte Educação(Satélite/Belém); doadores da Barca das Letras do Eixão do Lazer em Brasília(DF), os que nos enviam doações pelos Correios vindas de todo o Brasil e também do exterior e os doadores que nos ligam para buscar as doações no Plano Piloto em Brasília(DF).
 
 
abraços fraternos,
do palhaço Ribeirinho,



Jonas Banhos
www.barcadasletras.blogspot.com.br
barcadasletras@gmail.com
(61) 8167 1254(para doações)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos sua visita e seus dizeres!
Para mais informações entre em contato conosco pelo barcadasletras@gmail.com.

Boas leituras!!!

Abraços fraternos,

Jonas Banhos
http://barcadasletras.blogspot.com.br/